Nail art… Yes, you can!

Foi meio que do nada, observando as unhas à minha volta, que decidi fazer algo mais nas unhas do que só pintar. Claro que a internet ajudou bastante, vi tutoriais, e resolvi começar, nas férias de janeiro desse ano, por uma técnica linda e bem simples, que vou mostrar aqui detalhadamente mais pra frente, a das unhas marmorizadas, ou marble nails, ou pinga-o-esmalte-na-água-e-mergulha-o-dedo. Não deu certo, e resolvi fazer um arco-íris com francesinhas coloridas pra não desperdiçar as unhas brancas. Deu um mega trabalho, fiz com muita calma, usando palitinho de dente e fita crepe, mas ficou muito fofo. E essa foi minha primeira nail art da vida, o impulso pra entrar nesse mundo colorido e infinito!

Já disse aqui que tenho o objetivo pessoal de fazer pelo menos 3 meninas despertarem seu talento pra nail art, e aqui vai um guia básico com dicas pra quem quer entrar nesse mundo, mas não sabe por onde, nem como.

1º. Coisinhas que se deve ter à mão pra começar e manter a carreira de nail artist:

Mais da metade das minhas nail arts foram feitas usando palito de dente e esses palitos de unha mesmo, então pra quem quer começar, não recomendo usar pincel, um palito de dente pode dar todas as manhas pra mais tarde usar um pincel impecavelmente. E com um palito de dente pode-se fazer muuuitas coisas, é só praticar e ter muita, mas muita calma e paciência. Tenha na sua gaveta, caixinha, o que for, um paliteiro com muitos palitos de dente, com pontas mais finas, outras mais grossas, e alguns palitos de unha (tecnicamente chamados de palitos de laranjeira), de preferência daqueles com uma ponta fina e a outra chata, pois estas são muito úteis pra limpar algum erro, como uma borracha bem detalhista.

É necessário uma espécie de paleta pra pingar os esmaltes ou tintas pra ir molhando o palito, assim como pintores de quadros fazem. A “paleta” que eu uso é nada mais que uma folha de papel sulfite dobrada ao meio 3 vezes e colada, pra ficar firme, resistente e estável. Tem um tamanho bom, dá pra pingar muitas cores, muitas vezes, e quando um lado estiver lotado de gotinhas secas, dá pra usar o outro lado. Tudo isso porque tenho preguiça de usar alguma coisa de plástico e limpar toda vez que usar, mas tô satisfeita com minha paletinha de papel. É bom porque dá pra usar folha amassada – não muito – (aquela folha que ficou enroscada na impressora, por exemplo) ou alguma folha de rascunho que não esteja com muitas coisas escritas ou impressas, pra não interferir na cor dos esmaltes.

Há alguns esmaltes que são os must have pra quem faz nail art. Um esmalte clarinho, estilo Renda (mas não necessariamente o Renda), um branco bem pigmentado (não precisa ser grosso, mas precisa cobrir bem a unha ou alguma outra cor), um preto bem pigmentado, e pelo menos um esmalte de cada um dos tons principais. Pra começar, pode-se fazer uma listinha de 10 tons básicos, a minha listinha pessoal ficaria assim: vermelho, rosa, verde, azul claro, azul escuro, amarelo, laranja, bege (ou nude), roxo e marrom. Claro, além de uma boa base e um extrabrilho pra finalizar seu trabalho. Tendo esses esmaltes, já dá pra brincar bastante.

Via Láctea - Colorama / Francesinha - Ellen Gold / Preto - Impala

Tapete vermelho - Colorama / Confeti - Impala / Verde palmeira - Colorama / Marina - Impala / Royal - Impala

Aquarela - Guga / Aleixo - Impala / Nova era - Risqué / Obsessão - Risqué / Café - Guga

Base Cetim com Fortalecedor - Vefic / Cobertura Transformadora da Cor - Colorama

Tenha sempre à mão bastante algodão e acetona (ou, se possível, um removedor de esmalte sem acetona), porque dá pra arrumar qualquer baguncinha fora do previsto.

Também é bom ter lencinhos de papel, ou um pedaço de pano bem macio, como uma flanela fininha ou uma toalhinha de mão, pra limpar os palitos.

E um rolo de fita crepe, pra fazer francesinhas mais grossas, ou alguma coisa que exija um pouco mais de coordenação motora.

2º. Não pode deixar de ter, senão não dá certo:

Tenha tempo disponível, não vai dar pra obter um bom resultado se estiver com pressa, ou com hora marcada pra acabar, gaste o tempo que for preciso pra desenhar, limpar, ou até tirar tudo e fazer de novo se for o caso.

Arrume um lugar confortável pra ser seu “ateliê”, de preferência um lugar fixo, onde você sempre vai fazer as unhas. Regularidade é muito importante. Pode ser uma escrivaninha, ou até mesmo a mesa da cozinha, mas tem que ser um lugar com bastante espaço pra espalhar os materiais, e ter tudo disponível pra não ter que ficar guardando e pegando uma coisa ou outra, e correr o risco de borrar seu trabalho.

Exercitar a criatividade é muito divertido e essencial pra ser uma nail artist, mas pra começar, procure copiar algum modelo que você viu em uma amiga, ou achou na internet. Assim, você pratica as técnicas sem se perder.

E o principal: tenha calma, muuuita calma, e paciência, não desista, tudo tem conserto, se você estiver realmente empenhada, no final vai dar tudo certo.

Bom, acho que é isso. Quanto a técnicas e tutoriais, vou trazendo coisas novas mais pra frente. E aqui vão algumas fotos de nail arts simples pra você iniciar sua carreira:

Beijinhos, espero que tenho ajudado. Em breve, muito mais aqui na categoria de Unhas, e em todas as outras, continuem acessando o 7Cupcakes!

Postado por:

Anúncios

Deixe seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s