Inglesinha

O nosso primeiro sorteio já está encerrado, e como prometido, a nossa vencedora Gabi escolheu um tema pra um post, e foi esse: Inglesinha!

Inglesinha é uma técnica unhística bem legal e ao mesmo tempo, bem simples, é apenas uma francesinha colorida.

A francesinha surgiu na França (ah, jura?), no século XVIII, era uma maneira das cortesãs  disfarçarem a sujeira debaixo das unhas, pintando as pontas delas de branco. Isso acabou se tornando um sinal da profissão, ou seja, quem usava francesinha era uma cortesã. Nos anos 70, um maquiador americano foi a Paris, e trouxe a técnica para ser usada nas atrizes. E assim virou moda! Há pouco tempo, algumas grifes internacionais resolveram dar uma nova cara pra francesinha substituindo as unhas clarinhas e as pontas brancas por outras cores, e assim nasceu a inglesinha.

O bom da inglesinha em relação à francesinha é que usando a mesma técnica, se pode fazer infinitas combinações. Desde duas cores que não tem nada a ver uma com a outra, até um tom sobre tom discreto, ou as pontinhas foscas e o resto da unha brilhante.

O jeito de se fazer depende da grossura da faixa da ponta da unha que você quer. Pra se fazer uma inglesinha fininha é mais fácil usar a técnica do dedão. Vou explicar melhor:

Primeiro você pinta as unhas da cor base. Depois, pra fazer as pontinhas, você passa o esmalte escolhido pra elas na parte gordinha do polegar, na parte de dentro do dedo. Aí você encosta a ponta de uma unha na parte sujinha do polegar e vai girando, de um canto a outro da unha, até transferir o esmalte do polegar pra ponta da unha. A inclinação da unha vai regular a grossura da inglesinha. Deu pra entender? É mais ou menos assim, ó:

Bom, o jeito melhor pra se fazer uma inglesinha mais grossa é usando a boa e velha fita crepe. Não recomendo durex porque tem muita cola, e quando você tirar a fita, vai ficar aquela coisa grudenta na unha, que é muuuito difícil de tirar sem estragar o esmalte. Fita crepe é a melhor pra isso. Você pinta a unha normalmente com a cor de base, e depois que o esmalte estiver bem seco, você cola a fita crepe na unha deixando na ponta o espaço da faixa que você quer na ponta. Depois é só pintar nesse espaço, e com o esmalte da ponta ainda fresco, retire a fita. Acredito que o problema maior aí é deixar todas as unhas com a ponta da mesma grossura, mas é só ir comparando que dá certo!

Nesse verão, que pede muitas cores e nada discreto, a inglesinha cai muito bem, dá pra variar a cada vez que for fazer a unha, e nada fica parecido! Use glitter, holográfico, esmalte fosco, cremoso, cintilante, do jeito que quiser, e não tenha medo de combinar cores completamente diferentes, vai sair algo bom, com certeza!

Inspirem-se nas muitas cores que temos disponíveis e façam a sua inglesinha completamente personalizada!

Isso é tudo, pessoal! Espero que a Gabi e os outros leitores tenham gostado! Beijos!

Postado por:

Anúncios

2 respostas em “Inglesinha

Deixe seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s